A fantástica dublagem de “Esqueceram de Mim”

esqueceram-de-mim-00

Um dos maiores clássicos natalinos de todos os tempos e que remete a uma época áurea para a dublagem brasileira

Já que estamos em dezembro e em poucos dias chega o natal, nada melhor que relembrar um dos maiores clássicos natalinos de todos os tempos. Estamos falando de “Esqueceram de Mim” (Home Alone – Eua, 1990), filme que consagrou o então menino Macaulay Culkin como um dos maiores prodígios do cinema mundial. E, porque não, falar sobre o elenco de dublagem?

 

Para quem não foi criança nos anos 90 ou nunca ouviu falar no filme (é sério?), vamos dar um pequeno resumo. Durante as férias de natal, o pequeno Kevin McCallister foi deixado em casa, mas não de propósito (daí o título do filme). Enquanto tentava [muito bem] sobreviver na imensa mansão, dois bandidos (vividos por Joe Pesci e Daniel Stern) tentam de todas as formas arrombar a casa. Mas Kevin – muito mais esperto que os dois – consegue impedi-los com muita genialidade. Vale a pena assistir o filme!

“Esqueceram de Mim” é um dos símbolos da era de ouro de empresas como Herbert Richers, VTI e outras. E também representou a ascensão de um dos maiores dubladores da atualidade: Peterson Adriano. Ele emprestou a voz ao protagonista Kevin, sendo então um dos primeiros de seus muitos papeis de destaque em toda a sua carreira.

Peterson começou na dublagem por volta de 1989 (foi também a primeira voz do Bart, da série Os Simpsons). Sua interpretação do pequeno Kevin foi um dos pontos altos da versão dublada e não perde em nada se for comparar com a versão original. Macaulay Culkin era incrível, mas nos anos 90 a gente não podia muito se dar ao luxo de ver filme legendado (tinha muito, mas a gente não gostava, né).

kevin-e-peterson

Kevin (Macaulay Culkin) recebeu a voz de Peterson Adriano

Outra voz que podemos destacar é o da lindíssima e majestosa Mônica Rossi, como a mãe de Kevin (vivida pela brilhante Catherine O’Hara). Não é brincadeira. Toda personagem dublada por ela se torna ainda mais interessante. Mônica sabe impor a voz como ninguém, dá as inflexões corretas, consegue ser firme, sexy, austera e doce numa qualidade admirável.

A dubladora também emprestou sua voz a outras personagens memoráveis. Destacamos: Esmeralda (O Corcunda de Notre Dame), Lois Lane (da série “As Novas aventuras do Superman”), a Priscila do infantil TV Colosso e, claro, a Rose (Kate Winslet) de Titanic.

catherine-e-monica

Kate McCallister (Catherine O’Hara) recebeu a voz de Mônica Rossi

Como os atrapalhados larápios Harry e Marv temos os sensacionais Silvio Navas e Sérgio Galvão, respectivamente. Navas, por si só, já era um dublador altamente versátil e genial, alternando sua voz de anasalada (caso do personagem de Joe Pesci) a grave (lembram do Mumm-Ra, de Thundercats?).

Sergio, por outro lado, era frequente em papéis cômicos. Inclusive, foi deu voz aos personagens de Chespirito (Roberto Gomes Bolaños) na CNT (1997), após a morte de Marcelo Gastaldi. Também dublou Paul Hogan na saga Crocodilo Dundee, um sucesso nos anos 90.

Navas e Galvão brilharam bastante como os “vilões” de Esqueceram de Mim a cada berro, gritaria e gemido (os caras sofriam!). Interpretações sensacionais. Infelizmente, suas vozes se apagaram neste ano, (curiosamente, ambos no mês de julho).

pesci-e-navas

Harry (Joe Pesci), brilhantemente dublado por Silvio Navas

stern-e-galvao

Marv (Sergio Stern) foi dublado por Sergio Galvão

No filme também há outras vozes fantásticas. Algumas, infelizmente, não ouvimos mais em materiais atuais. É o caso de Jorgeh Ramos (dublou o pai de Kevin), que morreu em 2014. Também no elenco temos Oberdan Júnior (o eterno Tintin) – um tanto afastado da dublagem, Cleonir dos Santos (também falecido), entre outros.

A dublagem do filme é uma relíquia. Tanto que nunca houve redublagem (graças a Deus!). Quando falamos sobre era de ouro da dublagem se deve ao fato como as produções eram dubladas. Todo mundo junto no estúdio, dividindo as experiências. As crianças começavam a dar seus primeiros passos na carreira, já que até então elas não eram permitidas a dublar (adultos faziam o trabalho, o que acabava sendo algo grotesco de ouvir).

Enfim. Assistir “Esqueceram de Mim” dublado é uma viagem no tempo. Super recomendo.

 

Anúncios

Dubladores lançam canal no Youtube

quem-dubla

Aproveitando o sucesso estrondoso dos canais no Youtube e, aliando isso ao amor que muitos tem pela dublagem brasileira, os dubladores Manolo Rey e Philipe Maia lançaram o canal “Quem dubla”, que claro… falam sobre os segredos, curiosidades e o universo da dublagem como um todo.

O novo canal tem a proposta de reunir elementos relacionados ao cinema, séries, desenhos de diferentes épocas e lugares. Já com alguns vídeos lançados, o canal já passou de 15 mil inscritos em pouco tempo. E pelo visto, a tendência é aumentar. Manolo e Philipe são super engraçados, carismáticos e sabem transmitir bem o conteúdo, na base do bom humor. Vale a pena conferir!

Manolo Rey – Ator, dublador, tradutor e diretor de dublagem. Emprestou sua voz a diversos personagens. Vão aí alguns exemplos: Peter Parker (Tobey Maguire) na primeira trilogia de Homem-Aranha; Will Smith, na série Um Maluco no Pedaço; Marty McFly (Michal J. Fox) na trilogia De Volta para o Futuro (redublagem); entre muitos outros trabalhos.

Philipe Maia – Ator, dublador e diretor de dublagem. Entre seus trabalhos, destacam-se: Sam Winchester (Jared Padalecki), em Supernatural; Chris Rock (narração) em Todo Mundo Odeia o Chris; Rémy, em Ratatouille; Brian O’Conner (Paul Walker) na saga Velozes e Furiosos (4, 5, 6 e 7), entre outros.

Confira abaixo o episódio piloto do canal:

O retorno

retorno-placa

Olá, queridos amigos e fãs da dublagem brasileira! Puxa! Já faz mais de dois anos desde a nossa última publicação. Muita coisa aconteceu impedindo novas postagens. Trabalho, cursos técnicos e (mais recentemente), o ingresso na faculdade de música. Nos envolvemos em diversos projetos que tomaram muito o meu tempo.

Para piorar, perdemos o acesso ao blog. As informações de login e senha tiveram que ser refeitas e foi uma ‘burocracia’ imensa tentar recuperar. Mas nós conseguimos e aqui estamos.  Fiquei muito feliz em abrir aqui e ver muitos comentários, elogios, críticas e muita interação nas postagens. De fato, o blog atingiu parte de seus objetivos, que é o de oferecer conteúdo de qualidade sobre a dublagem brasileira.

E por conta disso, nós estamos aqui, buscando forças, tempo e dedicação para continuar atualizando com freqüência. Você também pode nos ajudar, enviando suas sugestões e contribuindo com mais postes. Seu apoio é muito importante, pois assim, construiremos o blog juntos.

E quase me esqueci. Nesses dois anos de “hiato”, conseguimos um feito muito interessante: entrevistamos o incrível e fantástico dublador Guilherme Briggs. A entrevista também foi feita em vídeo e em breve iremos postar aqui, assim que forem finalizados os trabalhos de edição. Enfim… ainda temos muita coisa para apresentar a vocês. A dublagem é uma paixão e nós vamos alimentá-la a cada dia. Contamos com a suas visualizações! Abraços!

Fábio Cavalcante

Editor do Blog Nossa Versão

Tatá Werneck, dubladora: desrespeito?

A humorista, no elenco de dublagem de “Aviões 2”: atuação questionável

A humorista, no elenco de dublagem de “Aviões 2”: atuação questionável

Depois de muito tempo sem atualizar, voltei com inspiração total a fim de abordar sobre esse universo incrível que é a dublagem. E, o que impulsionou esse retorno foi uma matéria da edição online do jornal O Globo que chamou a atenção, não somente de minha pessoa, como também de muitas pessoas amantes da dublagem. É algo que há tempos já tínhamos discutido por aqui: famosos dublando.

Read the rest of this entry

ULTRAMAN ZERO – Divulgadas fotos de membros do elenco de dublagem

Hermes Baroli (diretor de dublagem) com Márcio Simões (dublador do Ultraman)

Hermes Baroli (diretor de dublagem) com Márcio Simões (dublador do Ultraman)

É sempre bom ter amigos dubladores adicionados no Facebook. E foi dessa forma que pudemos ter uma ideia de quem emprestará a voz a um dos grandes heróis japoneses de todos os tempos, o Ultraman, cujo novo filme (“Ultraman Zero – A Vingança de Belial”), ainda está para ser lançado no Brasil.

Read the rest of this entry